Enem

Quantas questões tem que acertar no Encceja? Tire suas dúvidas aqui

Por Redação   | 

 Tag: Enem

Se você já se perguntou quantas questões tem que acertar no Encceja e se pode fazer faculdade conquistando seu diploma de ensino médio desta forma, confira aqui as respostas! 

O Encceja é um exame que certifica jovens e adultos que não conseguiram concluir o ensino fundamental ou médio no período adequado. 

Ele foi criado pelo Inep em 2002 e é composto por quatro provas objetivas com 30 questões cada, além de uma proposta de redação.

Neste artigo, vamos conversar sobre o que é, como você pode se inscrever e quantas questões tem que acertar no Encceja. 

Você vai conferir:

O que é o Encceja?
Qual a diferença entre o Enem e o Encceja?
Quem pode fazer o Encceja?
Como me inscrever no Encceja?
Qual o valor da taxa de inscrição do Encceja?
Qual o cronograma do Encceja 2022?
Quantas questões tem a prova do Encceja?
Quantas questões preciso acertar para passar no Encceja?
Tem redação no Encceja?
Como é calculada a nota do Encceja?
É possível fazer o Encceja mais de uma vez?
Onde pego meu certificado do Encceja?
Quem fez Encceja pode fazer faculdade?
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que é o Encceja? 

O Encceja é o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos. 

Ele foi criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e aplicado pela primeira no ano de 2002. 

O Encceja tem como objetivo ajudar jovens e adultos que não conseguiram concluir o ensino fundamental ou médio no tempo adequado a conquistarem seus diplomas através de uma avaliação de competências, habilidades e saberes. 

O exame é realizado pelo Inep em parceria com as secretarias estaduais e municipais de educação. 

Qual a diferença entre o Enem e o Encceja? 

Embora tenham nomes parecidos e sejam aplicados pelo mesmo órgão, a maior diferença entre o Enem e o Encceja é seu objetivo. 

Enquanto o Encceja é uma prova aplicada para que jovens e adultos consigam comprovar seus conhecimentos e conquistar diplomas do ensino básico, o Enem é uma porta de entrada para o ensino superior no país. 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova aplicada desde 1998. 

Tendo começado como uma forma de avaliar a qualidade do ensino médio brasileiro, o Enem logo foi incluído em programas de acesso ao ensino superior, como o Prouni e o Sisu. 

O objetivo do Enem, então, é avaliar os conhecimentos de concluintes, ou em ano de conclusão, do ensino médio a fim de aumentar suas chances de ingressar em um curso de graduação. 

Por sua vez, o objetivo do Encceja é facilitar a conquista do diploma de ensino fundamental ou médio para quem não teve chances de fazê-lo no tempo adequado. 

Quem pode fazer o Encceja? 

O Encceja é indicado para jovens e adultos que não conseguiram concluir o ensino fundamental ou médio no período proposto, mas também para quem nunca conseguiu frequentar a escola. 

Podem participar do exame pessoas residentes no Brasil ou brasileiros que residem no exterior. 

Também pode participar do Encceja pessoas privadas de liberdade ou que estejam cumprindo medidas socioeducativas. 

A exigência feita pelo Inep é que quem quiser fazer o Encceja para certificação do ensino fundamental precisa ter, no mínimo, 15 anos completos no dia da prova. 

E que quem deseja fazer o Encceja para certificação do ensino médio precisa ter, no mínimo, 18 anos completos no dia de aplicação da prova. 

Como me inscrever no Encceja? 

As inscrições no Encceja acontecem pela internet, no site oficial do exame. Clique aqui para acessar. 

Para se inscrever, é necessário ter registro no Cadastro de Pessoas Físicas, ou seja, é preciso apresentar documento de CPF, que é emitido pela Receita Federal. 

Além disso, a inscrição pede por dados pessoais atualizados, como nome completo, telefone e e-mail, e você precisa selecionar a cidade onde realizará o exame. São mais de 600 no país inteiro. 

Qual o valor da taxa de inscrição do Encceja? 

As inscrições para o Encceja são gratuitas. Ou seja, você não precisa emitir uma guia de pagamento, assim como acontece no Enem. 

Você apenas precisa entrar no site oficial dentro do período indicado e fazer sua inscrição. 

Qual o cronograma do Encceja 2022? 

As provas do Encceja são aplicadas em um dia único, nos turnos da manhã e da tarde. 

Em 2022, o Encceja acontecerá: 

  • no dia 28 de agosto, um domingo; 
  • das 9h às 13h e das 15h30m às 20h30m. 

O edital do Encceja foi publicado no dia 16 de maio de 2022, e as inscrições estiveram abertas entre os dias 24 de maio de 2022 e 4 de junho de 2022. 

No Brasil e no Exterior, as provas têm datas diferentes, assim como também são aplicadas em datas distintas as provas do Encceja para pessoas privadas de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas. 

Quantas questões tem a prova do Encceja? 

O Encceja é composto por 4 provas objetivas que tem 30 questões de múltipla escolha cada uma. Ou seja, são 120 questões no total. 

Os conteúdos que caem no Encceja são diferentes, dependendo da certificação que o candidato busca. 

Por exemplo, se o candidato busca se certificar no Ensino Fundamental, o conteúdo é: 

  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; 
  • Matemática; 
  • História e Geografia; 
  • Ciências Naturais. 

Agora, se o candidato quiser se certificar no ensino médio, o conteúdo que cai no Encceja é o seguinte: 

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação; 
  • Matemática e suas Tecnologias; 
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias; 
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias. 

Além disso, o Encceja também conta com uma proposta de redação. 

Quantas questões preciso acertar para passar no Encceja? 

Para conseguir passar no Encceja, você precisa fazer 100 pontos em cada uma das 4 provas. Já a nota da redação varia entre 0 e 10, e o candidato precisa ter uma nota igual ou maior do que 5. 

Quanto à quantidade de questões que precisa acertar, não existe uma resposta correta. 

Isso porque o Encceja é corrigido por um algoritmo, a Teoria de Resposta ao Item (TRI), que impede o participante de saber sua nota antes da comunicação oficial. 

Tem redação no Encceja? 

Sim, o Encceja tem uma proposta de redação que segue o modelo dissertativo-argumentativo. Este modelo é um tipo discursivo que busca defender uma ideia a partir de argumentos.  

A linguagem utilizada é impessoal, sendo também obrigatório estruturar o conteúdo em introdução, desenvolvimento e conclusão.  

Além disso, para atingir seu objetivo, a redação de modelo dissertativo-argumentativo precisa ter uma proposta de intervenção.  

Durante o desenvolvimento, o candidato deve trazer argumentos que defendam sua tese e, então, na conclusão, deve apresentar aquela que acredita ser a solução para o problema apresentado. 

Como é calculada a nota do Encceja? 

A pontuação do Encceja é calculada usando a Teoria de Resposta Item (TRI). Esse é um algoritmo que atribui pontos a cada resposta dependendo da dificuldade de cada pergunta.  

A TRI analisa o padrão de erros e acertos do candidato e consegue identificar se ele acertou uma questão porque sabia a resposta correta – nesse caso, recebendo um ponto inteiro – ou porque chutou – nesse caso, recebendo uma pontuação menor.  

Essa é uma maneira de evitar que os chutes tenham o mesmo valor de uma resposta que veio de um conhecimento. 

Por conta desse algoritmo, não dá para saber a nota final do Encceja apenas conferindo o gabarito. Ele dá as respostas corretas, mas não a relação de pontos entre elas e o seu cartão-resposta.  

Para saber, com certeza, a sua pontuação no Encceja, o ideal é esperar o resultado oficial. 

É possível fazer o Encceja mais de uma vez? 

Quem fez o Encceja, mas não conseguiu a aprovação pode fazer o exame de novo no ano seguinte. 

O mais interessante é que se você conseguiu aprovação em uma ou mais provas, no ano seguinte do Encceja você pode fazer apenas as provas para as quais ainda precisa de aprovação. 

Ou seja, o Encceja consegue identificar quais áreas do conhecimento você já mostrou proficiência e em quais ainda precisa mostrar. 

Onde pego meu certificado do Encceja?

Quem emite o certificado de quem é aprovado no Encceja são as secretarias estaduais e municipais e os Institutos Federais de Educação. 

Na hora da inscrição, o candidato pode escolher qual entidade fará a emissão do seu certificado. Então, depois de aprovado, precisa ir até um deles pegar o diploma. 

Quem fez Encceja pode fazer faculdade? 

Pode sim! Quem é aprovado no Encceja e garante seu diploma de ensino médio pode prestar vestibular e também fazer o Enem. 

A certificação obtida através do Encceja também permite que a pessoa participe de processos como o Prouni e o Sisu (depois de ter prestado o Enem) e tente programas de bolsas de estudo e benefícios em instituições de ensino superior particulares. 

Existem, inclusive, benefícios que você garante por conta do Encceja. 

Por exemplo, aqui na UNIVILLE, você pode garantir uma bolsa de até 100% no seu primeiro ano de curso! Confira este e mais benefícios neste link. 

Conclusão 

Esperamos que, ao chegar ao final deste artigo, todas as suas dúvidas sobre o Encceja tenham sido sanadas. Se não tivermos respondido algo que você estava buscando, deixe um comentário! 

Leia também:

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.