Ensino Superior

Magistério: o que é, mudanças e cursos

Por Redação   | 

 Tag: Ensino Superior

Se você quer trabalhar com educação, é possível que já tenha ouvido o termo magistério ao procurar por estudos na área. 

Atualmente, magistério é um conceito utilizado para abarcar os cursos voltados para a prática do ensino, incluindo licenciaturas e a graduação em Pedagogia. 

Contudo, nem sempre foi assim. 

Até poucos anos atrás, magistério era o nome de um curso profissionalizante, realizado junto ao ensino médio.

Esse curso era voltado para a formação de professores para lecionar na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. 

Hoje em dia, o curso de magistério não existe mais, sendo essencial formação de nível superior para tornar-se professor. 

Neste artigo, vamos explicar mais sobre o magistério, explicando porque o antigo modelo acabou, quais são as opções que existem na atualidade e como é a carreira de professor. 

Confira:
O que é o curso de magistério?
Por que o magistério acabou?
Qual curso fazer para se tornar professor?
Quais são as habilidades necessárias para se tornar professor?
Como é o mercado de trabalho da educação?
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é o curso de magistério?

Na atualidade, utilizamos o termo magistério para nos referir a todos os cursos que envolvem o ato de lecionar. Os principais da atualidade são as licenciaturas e a faculdade de Pedagogia. 

No entanto, em um passado não tão distante, o magistério tinha outro significado. Esse conceito era utilizado para se referir a um curso profissionalizante bastante comum.

Há alguns anos atrás, o magistério era uma capacitação direcionada para quem queria se tornar professor, sendo realizada junto ao ensino médio. 

Após concluir esse curso, o profissional estava capacitado para dar aulas na educação infantil e dos primeiros anos do ensino fundamental.

Esse curso não tinha caráter de nível superior. Era apenas uma formação de nível médio que permitia aos estudantes lecionar logo após a formatura do colégio.

No tópico a seguir, explicamos mais sobre as mudanças do magistério. 

Por que o magistério acabou?

Atualmente, não é possível cursar o magistério tradicional, pois esse curso profissionalizante não é mais oferecido. 

Isso acontece porque desde 1996 o governo federal procura melhorar a qualidade do ensino nas instituições do país. 

Em função disso, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) passou a recomendar que a formação de professores seja feita em nível superior. 

Nesse contexto, o curso de magistério foi naturalmente perdendo a força, dando lugar à Pedagogia, às Licenciaturas e à Formação Pedagógica. 

Outro ponto importante para destacar é que uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE) é que todos os professores da Educação Básica — o que inclui o ensino infantil, fundamental e médio tenham cursado licenciaturas ou pedagogia para lecionar. 

Ou seja, ter uma formação de nível superior é o principal requisito para se tornar professor na atualidade.

No entanto, vale destacar que, embora o curso magistério tenha se tornado impopular, a palavra ainda segue sendo utilizada como sinônimo de docência ou da carreira de professor. 

Portanto, o magistério, no sentido de carreira, ainda existe, o que foi substituído foi o curso.

Além disso, mesmo que o curso de magistério não exista mais, muitas escolas e concursos públicos ainda aceitam professores com essa formação, embora não seja mais tão comum. 

Qual curso fazer para se tornar professor?

Mesmo que o curso de magistério não exista mais, ainda existem outras formações, de nível superior, para quem quer se tornar professor. 

Abaixo, trazemos mais detalhes sobre cada uma delas: 

Pedagogia

Pedagogia é a área do conhecimento que busca compreender e analisar os processos de ensino e aprendizagem, identificando as melhores metodologias para que os indivíduos possam explorar e despertar suas potencialidades.

Esse curso forma pedagogos, profissionais responsáveis por acompanhar crianças e adultos em seus processos desenvolvimento intelectual e social, seja em contextos escolares ou não. 

Ou seja, esses profissionais trabalham com educação de forma global, podendo trabalhar tanto em escolas quanto em ONGs, hospitais, empresas privadas e diversos outros perfis de instituições.

A faculdade de Pedagogia tem duração de quatro anos e é oferecida nas modalidades de licenciatura e bacharelado. 

A licenciatura é voltada para aqueles que desejam se tornar professores e têm como objetivo lecionar em escolas públicas ou privadas. 

Os pedagogos podem dar aulas para educação infantil e primeiros anos do ensino fundamental.

Já o bacharelado, é ideal para aqueles que querem trabalhar com educação em consultorias e assessorias, editoras de livros didáticos, órgãos públicos, museus, entre outras instituições educacionais. 

Licenciaturas

As licenciaturas são uma modalidade de curso superior voltada para a formação de professores.  

Existem diversas graduações do tipo licenciatura. Áreas como matemática, história, geografia, física são algumas das que oferecem cursos de licenciatura. 

A principal diferença entre licenciatura e o bacharelado é que a primeira prepara os profissionais para atuar como professores, envolvendo, assim, conhecimentos de pedagogia e didática nas grades curriculares. 

Ou seja, além das matérias técnicas próprias da sua área, o estudante de licenciatura terá contato com disciplinas específicas relacionadas com o processo de aprendizado e as práticas pedagógicas. 

Confira as principais licenciaturas:

Os diplomados nesses cursos estão capacitados para dar aulas das matérias referentes a cada uma dessas áreas do conhecimento. 

Os profissionais licenciados podem lecionar para os ensinos fundamental e médio.

Complementação Pedagógica

A Complementação Pedagógica é uma formação voltada para os profissionais já diplomados em alguma área do conhecimento, mas que ainda não estão habilitados para lecionar. 

Por exemplo: um profissional que é bacharel em Matemática pode realizar uma Complementação Pedagógica para se capacitar na docência.

Essa formação permite que o profissional tenha contato com todas aquelas disciplinas que auxiliam no trabalho prático do educador.

O programa costuma ser de um ano, período em que o estudante também passará pelo estágio supervisionado.

Após concluir o curso, o profissional estará capacitado para dar aulas para os ensino fundamental e médio. 

magisterio- professora segurando livro em frente ao aluno em biblioteca

Quais são as habilidades necessárias para se tornar professor?

Os professores são profissionais que têm um importante papel na vida dos indivíduos, sendo responsáveis tanto pelo seu desenvolvimento intelectual quanto pessoal.

Em função disso, os professores devem ter uma série de características e habilidades comportamentais — principalmente quando envolve o ensino para crianças e adolescentes.

Empatia, responsabilidade, paciência, facilidade de comunicação, além de habilidades para compreender os problemas dos alunos, são características desejáveis para esses profissionais. 

Crianças e adolescentes estão em fase de amadurecimento, necessitando de profissionais que busquem compreendê-los e escutá-los da melhor forma possível.

>>> Como escolher uma profissão que combina comigo?

Como é o mercado de trabalho da educação?

O salário de um professor da rede pública pode ter variações de acordo com o estado e o município. 

Contudo, segundo a divulgação do MEC (Ministério da Educação), o piso salarial dessa categoria está em R$ 2.886,24.

Além de oferecer salários atrativos, a carreira de docência possui um mercado de trabalho muito aquecido. Afinal, sempre existem escolas que precisam de professores qualificados. 

Além disso, existem outras instituições ligadas à educação que também oferecem boas oportunidades para profissionais ligados à docência. 

Editoras de livros didáticos, museus, instituições públicas, entre outras organizações, estão entre elas. 

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre magistério, explicando o que é, as mudanças que ocorreram no uso do termo e quais são os principais cursos relacionados com a área. 

Se você deseja se tornar professor, venha conhecer a graduação em Pedagogia e as licenciaturas da EAD Univille

Temos condições de bolsas de estudos imperdíveis para você dar início à sua carreira docente. 

Não perca tempo e matricule-se já!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.