Desde o início da pandemia do novo coronavírus, passamos a manter contatos com colegas, amigos e familiares por telas de celulares e computadores.

Embora muita gente estranhe esse convívio on-line, a verdade é que o distanciamento social fez com que adaptássemos nossos contatos uns com os outros para esse formato.

No ambiente corporativo, as videochamadas são relativamente comuns há algum tempo, mas para a maioria da população brasileira, trata-se de um novo hábito que precisou ser incorporado.

E este recurso também tem sido utilizado nas entrevistas de emprego.

Você teve o currículo selecionado por uma empresa, mas não sabe como se portar na entrevista por videochamada?

Então leia este texto até o final e aprenda o que fazer diante do recrutador com dicas que separamos e certamente podem ajudar na entrevista.

empresaria ao computador

O que é uma videochamada?

Até décadas atrás, o contato entre pessoas através de chamadas de vídeo era possível apenas em filmes de ficção científica. Porém, com o avanço tecnológico, a possibilidade de conversar ao vivo com alguém do outro lado do mundo por meio de um computador ou celular tornou-se uma realidade.

A primeira videochamada da história aconteceu em 1964, nos Estados Unidos, por meio de um aparelho chamado Picturephone, que capturava uma imagem através de uma câmera e a enviava por 30 segundos para quem estivesse do outro lado da linha.

A invenção, embora fosse avançada para a época, não fez sucesso, em decorrência do alto custo que era pago para ter acesso ao serviço.

As décadas passaram, e as chamadas por vídeo ficaram mais modernas e populares. No início dos anos 2000, aplicativos como MSN Messenger e Skype tornaram-se bastante difundidos por permitirem que pessoas conversassem ao vivo por meio de computadores, a partir de suas casas.

Hoje em dia, existem inúmeras opções para quem quer se comunicar por vídeo, sendo os maios populares o Zoom, Google Meet, Microsoft Teams, Skype, Facebook e WhatsApp.

Como se sair bem em uma entrevista por videochamada?

A necessidade de distanciamento social atrelada à comodidade e qualidade das videochamadas fez com que grande parte dos processos seletivos tenha migrado para o formato de videochamada.

Muito embora, exista uma mudança no formato, o objetivo das entrevistas por vídeo é exatamente igual ao da presencial, que é entender se o candidato está apto a ingressar na empresa para a qual está concorrendo à vaga.

Mesmo assim, é importante que o candidato tome alguns cuidados antes da entrevista on-line:

- Mantenha uma boa qualidade de conexão

A maioria de nós já enfrentou algum problema de qualidade de sinal de internet em casa, não é mesmo? Quando o problema é com a operadora, não temos muito o que fazer, mas antes da entrevista, é bom checar se está tudo funcionando.

Também é recomendado ficar posicionado próximo ao modem, para que o sinal Wi-Fi emitido seja o melhor possível, evitando chateações de queda na chamada.

Esse cuidado evitará que um ótimo desempenho na entrevista seja comprometido por cortes de conexão enquanto você fala ao recrutador.

- Revise seu equipamento

Um processo seletivo sempre vem acompanhado de uma dose de ansiedade. Mesmo assim, é importante que o candidato revise o equipamento antes da entrevista. Independente se será no computador, celular ou tablet, é fundamental checar a qualidade da internet, se o nível de bateria está bom. Neste caso, verifique se é possível manter o equipamento ligado na tomada durante a chamada. Isso evitará que a bateria acabe e encerre a ligação por falta de energia.

Também é indispensável que o candidato tenha alguma familiaridade com a ferramenta que será usada – Zoom, Google Meet, WhatsApp, etc.

Isso evitará alguma surpresa desagradável na hora da entrevista. Caso você não saiba como funciona o aplicativo proposto pelo recrutador, vale a pena assistir tutoriais no YouTube, e aprender o necessário para não ter erros.

- Escolha um lugar silencioso

É importante que o local onde o candidato fará a entrevista seja arejado, claro, silencioso e, de preferência, o permita estar sozinho no momento da videochamada.

Qualquer distração pode comprometer o desempenho.

Se você mora com mais pessoas, tente explicar antes da entrevista sobre a importância dessa seleção, pedindo o máximo de silêncio enquanto estiver sendo entrevistado.

E lembre-se de que esse local precisa estar perto do modem Wi-Fi.

Mantenha uma boa apresentação

Não é pelo fato de você estar em casa que deve relaxar no que diz respeito à vestimenta na hora da entrevista.

Então, evite usar uma roupa muito informal no momento da videochamada. Lembre-se que a entrevista de emprego é uma seleção, e que o mais adequado será o vencedor do processo.

Portanto, tente estar bem arrumado, como se fosse para a entrevista presencial. Sabe aquele ditado que diz que a primeira impressão é a que fica? Pois é, tente aplicá-lo.

Estude bem o seu currículo

Mas de nada servirá você tomar essa série de cuidados se não souber o que dizer no momento da entrevista.

Por isso, é fundamental estudar o currículo, deixar frescas na memória as experiências anteriores, os aprendizados, acertos e erros que compõem sua biografia profissional.

Analisar sua retrospectiva o ajudará a convencer o recrutador que você é a pessoa certa para a vaga.

Não minta!

Se o recrutador abordar pontos delicados de sua carreira, como uma demissão, por exemplo, tente trazer algo positivo e o aprendizado dessa experiência. Mentir pode gerar alguma contradição durante a entrevista, que, se for percebida pela pessoa que estiver entrevistando, pode resultar na eliminação do processo seletivo.

Conheça o perfil da empresa

Tão importante quanto falar sobre você na entrevista é mostrar o porquê a sua escolha será benéfica para a empresa.

Por isso, é imprescindível entender quais são os valores, missão e propósito de onde você pretende trabalhar.

Pesquise na internet, no site da empresa, e tente avaliar se os valores da companhia estão alinhados aos seus. Se sim, diga isso na hora da entrevista.

crescimento pessoal

O que muda numa entrevista por videochamada?

A partir das dicas acima, você reparou que a preparação para a entrevista por vídeo chamada é muito semelhante à presencial?

A verdade é que a diferença está basicamente no formato.

Lembre-se que o recrutador busca é identificar características em seu perfil que atendam às expectativas e necessidades da empresa para aquela vaga.

Neste caso, é possível que fazer a entrevista em casa, estando em seu ambiente, fortaleça o candidato, evitando um eventual nervosismo que poderia vir à tona no encontro presencial com o responsável pela seleção.

Sendo assim, tente usar a distância a seu favor, mantendo a naturalidade. Uma pessoa calma e tranquila tem mais chances de falar bem e expor o que realmente importa no processo seletivo.

Diante do recrutador, tente falar o necessário, sem excessos.

Quais as perguntas mais frequentes em entrevistas?

É sempre bom o candidato estar atento às perguntas mais frequentes que costumam aparecer na maioria das entrevistas de emprego.

Obviamente, não é regra, mas é bem provável que você se depare com alguma delas na próxima seleção que fizer:

- Conte um pouco sobre você

Cuidado para não focar na vida pessoal. Esse questionamento diz respeito às suas vivências profissionais. Não é proibido falar sobre seus hobbies e gostos pessoais, mas seja breve nesses tópicos, evitando tirar o foco das suas habilidades que dizem respeito à vaga.

- Como você soube desta vaga?

Diga a verdade, enaltecendo os motivos pelos quais o seu perfil se encaixa no propósito da empresa. É uma oportunidade de reafirmar seu interesse na vaga.

Quais seus pontos fortes?

Neste momento, fale sobre características que possam ser úteis no trabalho. Se você tem facilidade em se comunicar, diga que esse ponto o ajuda a ter um bom relacionamento com as equipes por onde passou. Caso você seja uma pessoa proativa, fale sobre isso ao recrutador. Evite entrar em aspectos pessoais.

Quais seus pontos negativos?

Novamente, não estamos falando de defeitos de sua vida pessoal. Seja honesto e trate de suas fraquezas como oportunidades de melhorias.

Por que eu devo escolher você para esta vaga?

Nesta hora, você deve reunir suas principais virtudes, aquelas que vão contribuir na empresa, e enaltecê-las para quem estiver fazendo a entrevista. Saiba “vender o peixe”, mas de maneira honesta, sem mentiras. Também reforce que você tem muito a contribuir, mas também a aprender no novo emprego.

estudante ao computador 2-1

Qualificação profissional

Agora que você já sabe como se portar em uma entrevista de emprego por videochamada, que tal pensar em sua qualificação profissional?

Como falamos no início deste texto, a pandemia nos trouxe para um cenário de que muitas das nossas atividades são feitas pelo computador, e o estudo é uma delas.

Nos últimos anos, aumentou muito a busca por cursos superiores EAD. De acordo com o Censo da Educação Superior de 2018, a oferta de vagas em cursos a distância superou a de cursos presenciais.

A Univille oferece diversos cursos EAD e híbridos, como Administração, Ciências Contábeis, Comércio Exterior, Engenharia Civil, Gestão Financeira, Marketing, Pedagogia, entre outros.

O investimento em uma graduação é o passaporte para conseguir uma boa vaga de emprego. Atualmente, no Brasil, alguém com ensino superior completo ganha, em média, mais que o dobro do que uma pessoa que tenha apenas o ensino médio.

Então, se você acredita que um diploma universitário pode, de fato, fazer diferença na sua vida, comece uma graduação o quanto antes.

Descubra agora quais as formas de ingresso nos cursos EAD e híbridos da Univille.

Inscreva-se no nosso Blog

blog ead Univille

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT