Cursos de graduação EAD

Engenharia Elétrica Semipresencial: conheça tudo sobre o curso

Por Redação   | 

 Tag: Cursos de graduação EAD

Quer estudar engenharia, mas ainda não sabe qual se encaixa no seu perfil? Venha conhecer tudo sobre o curso de Engenharia Elétrica Semipresencial.  

Geração de energia e tecnologia são duas áreas em expansão no Brasil. Na graduação de Engenharia Elétrica, os estudantes são preparados para atuar nesse mercado, adquirindo conhecimentos sobre geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.   

Neste artigo, vamos falar sobre o curso de Engenharia Elétrica Semipresencial, trazendo informações sobre os conteúdos trabalhados na graduação e mercado de trabalho na área.   

Confira:

O que é Engenharia Elétrica? 
Como é o curso de Engenharia Elétrica?
Onde pode trabalhar um profissional de Engenharia Elétrica?
Qual é o salário de um engenheiro eletricista? 
Quais são as vantagens de fazer um curso semipresencial? 
Conclusão 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que é Engenharia Elétrica? 

Quando falamos em engenharia, é comum que especialidades como civil e mecânica venham à mente. Apesar dessas serem as mais populares, existem outras áreas que também oferecem boas oportunidades profissionais, entre elas a Engenharia Elétrica.   

A Engenharia Elétrica é o ramo da engenharia que aborda os estudos e aplicações da eletricidade, eletromagnetismo e eletrônica. Essa área surgiu em meados do século XIX quando se iniciou a comercialização, distribuição e utilização da energia elétrica.  

Nesse sentido, o engenheiro elétrico é o profissional capacitado para projetar sistemas de serviços elétricos, eletrônicos e de telecomunicações, além de estar apto para realizar análises e testes das instalações, materiais e equipamentos relacionados à elétrica.  

Usinas e estações de geração de energia também integram o escopo de atividades do engenheiro eletricista. Esses profissionais podem tanto projetar quanto atuar na área de manutenção desses serviços.   

Na atualidade, em que dependemos da energia elétrica para realizar praticamente todas as atividades de lazer e laborais, contar com profissionais capacitadas na área é indispensável para o funcionamento e avanço da sociedade.  

Como é o curso de Engenharia Elétrica?

O curso de Engenharia Elétrica confere grau de bacharel aos diplomados e tem duração de cinco anos.   

Durante os primeiros anos de graduação, os estudantes trabalham com uma grade curricular mais genérica e teórica, que é comum a todos os cursos de engenharia. Disciplinas como cálculo, física, química e computação fazem parte dos primeiros anos de estudos.  

A partir do terceiro ano de faculdade, os estudantes começam a trabalhar conteúdos mais específicos da área. Confira algumas disciplinas que integram a grade curricular do curso de Engenharia Elétrica Semipresencial da Univille: 

  • Materiais Elétricos  
  • Circuitos Elétricos 
  • Eletrônica Analógica 
  • Medidas Elétricas 
  • Eletrônica Digital 
  • Conversão Eletromecânica de Energia 
  • Manutenção Industrial 
  • Instrumentação Eletrônica 
  • Eletrônica Industrial Aplicada 
  • Projetos de Instalações Elétricas 
  • Transmissão e Distribuição de Energia  

Além do conhecimento teórico, um dos destaques do curso de Engenharia Elétrica é a forte ênfase na parte prática, sendo comum a presença de atividades em laboratório no plano de ensino.   

Os estudantes de Engenharia Elétrica também devem realizar um estágio obrigatório ao longo da graduação e um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). As duas atividades são obrigatórias para obter o diploma. 

>>> Teste vocacional para faculdade: saiba como é e escolha seu curso

Onde pode trabalhar um profissional de Engenharia Elétrica? 

A Engenharia Elétrica é uma carreira muito versátil, que possibilita que os profissionais atuem em diversos segmentos.   

O mais comum é encontrar engenheiros elétricos trabalhando com desenvolvimento, manutenção e aperfeiçoamento de sistemas elétricos de  máquinas, equipamentos e estruturas.  

Além disso, esses profissionais também têm encontrado muito espaço na área da pesquisa, buscando aumentar a capacidade de produção de energia e reduzir impactos ambientais.  

No Brasil e no mundo, a demanda energética nunca para de crescer, o que torna essencial a presença de profissionais capacitados para encontrar soluções inovadoras na área.  

A seguir, apresentamos algumas da principais oportunidades de atuação profissional do engenheiro eletricista:  

  • Fornecimento de energia: essa é uma das áreas de atuação clássicas do engenheiro elétrico. Esses profissionais podem trabalhar em empresas relacionadas com a geração, distribuição e armazenamento de energia. Nessas empresas, eles atuam planejando, acompanhando e coordenando todo o processo de implementação e funcionamento de sistemas  elétricos.  
  • Automação industrial: quando acompanhamos de fora o funcionamento de uma indústria, não imaginamos o tanto de energia que é necessária para manter suas estruturas. Nesses locais, os engenheiros eletricistas são responsáveis por planejar, criar e instalar sistemas elétricos que permitam a automação na indústria. Nessa área, é comum que os engenheiros eletricistas trabalhem em conjunto com engenheiros de outras especialidades.   
  • Indústria elétrica e eletroeletrônica: além de garantir o funcionamento das indústrias, os engenheiros eletricista também podem colocar a mão na massa e atuar no desenvolvimento e na manutenção de produtos elétricos e eletroeletrônicos. Máquinas, motores, geradores e equipamentos domésticos precisam do conhecimento dos engenheiros elétricos para funcionar corretamente.   
  • Instalação de sistemas elétricos: os engenheiros elétricos também podem criar projetos de instalação e manutenção de redes elétricas para residências, estabelecimentos comerciais, prédios, hospitais, ruas e pontes. Ou seja, tudo que envolve redes elétricas, tanto na área privada quanto pública, precisa da orientação de um engenheiro elétrico.  
  • Telecomunicações: Os engenheiros elétricos também têm conhecimento para configurar, instalar, fazer testes e manutenção de sistemas de telecomunicações.   
  • Sustentabilidade: essa é uma das carreiras mais promissoras e atuais do engenheiro eletricista. Nos dias de hoje, diversas empresas buscam formas de aumentar sua eficiência energética e reduzir os impactos ambientais. Nesse contexto, os profissionais de Engenharia Elétrica são responsáveis por criar e desenvolver projetos sustentáveis e pesquisar e implementar fontes de energia renováveis 

Qual é o salário de um engenheiro eletricista?

engenharia-eletrica-semipresencial -  homem consertando sistemas elétricos

A remuneração do engenheiro eletricista varia de acordo com o nível de experiência e o porte da empresa em que o profissional trabalha. Confira os valores levantados pelo Educa Mais Brasil  

Pequena Empresa 

  • Trainee: R$ 3.615,50 
  • Júnior: R$ 4.519,38 
  • Pleno: R$ 5.649,23 
  • Senior: R$ 7.061,54 
  • Master: R$ 8.826,93 

Média Empresa 

  • Trainee: R$ 4.700,16 
  • Júnior: R$ 5.875,20 
  • Pleno: R$ 7.344,00 
  • Senior: R$ 9.180,00 
  • Master: R$ 11.475,00 

Grande Empresa 

  • Trainee: R$ 6.110,21 
  • Júnior: R$ 7.637,76 
  • Pleno: R$ 9.547,20 
  • Senior: R$ 11.934,00 
  • Master: R$ 14.917,50 

Quais são as vantagens de fazer um curso semipresencial? 

Aqui na Univille, o curso de Engenharia Elétrica é semipresencial, aliando aulas a distância e presenciais.  

Os encontros presenciais acontecem duas vezes por semana, nas terças e quintas-feiras. O restante das aulas acontece de forma remota.   

Nesse modelo, os alunos têm a flexibilidade de horários do EAD e também contam com aulas práticas que são essenciais para o aprendizado da profissão.  

Em um curso como Engenharia Elétrica, diversas disciplinas necessitam da prática em laboratório, o que torna os encontros presenciais essenciais.  

Ou seja, a graduação semipresencial é uma modalidade na qual o estudo presencial e o estudo a distância se complementam, oferecendo a melhor experiência de aprendizagem para os estudantes.   

Conclusão 

Neste artigo, conhecemos mais sobre o curso de Engenharia Elétrica Semipresencial, abordando questões sobre a graduação e o mercado de trabalho.   

Se você se interessou pela área, conheça mais sobre a graduação da Univille. Nosso diferencial fica por conta dos professores qualificados e de toda a estrutura física dos campi à disposição do aluno da EAD.  

E fica a dica: temos diversas opções de bolsas de estudos. Dê um novo passo em direção à sua carreira profissional!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.