Cursos de graduação EAD

Conheça áreas da engenharia de produção e descubra como é a profissão

Por Redação   | 

 Tag: Cursos de graduação EAD

Quem faz essa graduação pode trabalhar em diversas áreas da engenharia de produção, como química, energia, agronegócio, alimentos, etc. Descubra se essa é a profissão para você!

Como engenheiro de produção você trabalha em uma área inovadora e analítica, que oferece ótimos salários e um campo de atuação bastante amplo.



Na profissão, você estará em busca da otimização constante dos processos de uma empresa e garantirá que tudo esteja funcionando com o melhor custo/benefício.

Confira neste artigo o que faz um engenheiro de produção, quais são as áreas da engenharia de produção onde você pode atuar e como é a graduação em engenharia de produção.

Você vai conferir:

O que é engenharia de produção?
Áreas da engenharia de produção onde trabalhar
O que faz quem se forma em engenharia de produção?
O perfil do estudante de Engenharia de Produção
Como é o curso de engenharia de produção EAD?
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é engenharia de produção?  

Dentre as engenharias, a de produção é a caçula. 

Isso porque podemos dizer que ela nasceu no final do século XIX, quando Taylor e Ford começaram a teorizar sobre os sistemas de produção nas fábricas, e ganhou notoriedade quando o primeiro lançou o livro “Princípios da Administração Científica”. 

Em 1911, Taylor organizou os conhecimentos práticos da produção das fábricas em processos formais no livro citado. 

Sua intenção era aplicar a organização das fábricas na administração de empresas, porém ele foi além e ajudou a estruturar a engenharia de produção que conhecemos hoje. 

Essa é a área das engenharias que foca em projetos e na otimização de processos. 

Seu objetivo é garantir que todos os processos estão funcionando sem falhas dentro de uma organização, que não haja desperdícios e que a relação entre custo e benefício seja positiva. 

Áreas da engenharia de produção onde trabalhar 

Assim que surgiu, a engenharia de produção tinha apenas um espaço de atuação possível: a fábrica. 

Porém, conforme a engenharia de produção foi se tornando mais popular, e a tecnologia foi avançando, percebeu-se que os esforços do engenheiro de produção poderiam beneficiar outros setores que não apenas o da indústria. 

O engenheiro de produção atua planejando fluxos de trabalho, controlando ritmo da produção e avaliando a qualidade do produto, e isso pode ser feito em diversos segmentos de mercado e setores dentro de organizações. 

O engenheiro de produção pode trabalhar em: 

  • Indústrias; 
  • Comércios; 
  • Serviços; 
  • Turismo; 
  • Órgãos Públicos; 
  • Telecomunicações 
  • Distribuição de energia. 

A engenharia de produção e a tecnologia 

Desde que surgiram, as áreas da engenharia de produção sempre estiveram muito conectadas com a tecnologia. E devido à Indústria 4.0, essas áreas se aproximaram ainda mais. 

Pensando no mercado de trabalho do futuro, o engenheiro de produção pode escolher entre três áreas da engenharia de produção com grande potencial de sucesso. 

Essas áreas são: Internet das CoisasAutomação Industrial Manufatura Aditiva. 

Além de áreas da engenharia de produção indicadas para trabalhar, essas também são boas áreas nas quais se especializar depois da graduação. 

Isso porque elas oferecem um mercado ainda mais amplo de atuação no futuro.

áreas da engenharia de produção - engenheiros trabalhando na indústria

Outras áreas da engenharia de produção onde atuar 

Além das áreas dentro da engenharia de produção, também existem maneiras de aplicar os conhecimentos da graduação em outros mercados e setores, como vamos explicar abaixo: 

  • Design de produto: na projetação, planejamento e detalhamento do sistema de montagem e fabricação; 
  • Operações e logística: atuando na distribuição de produtos, controle de suprimentos e transporte; 
  • Financeiro: no controle financeiro, de custos e análise de investimentos; 
  • Marketing: atuando no planejamento de produto, análise de mercados a serem atendidos e análise de performance.

O que faz quem se forma em engenharia de produção? 

Como vimos acima, a engenharia de produção trabalha com a otimização de processos e planejamentos. 

Consequentemente, a função do engenheiro de produção é garantir que a otimização de processos e planejamentos esteja acontecendo dentro das organizações. 

Softwares usados na engenharia de produção  

E para garantir esse funcionamento, existem alguns softwares que podem ser usados para auxiliar nas tarefas do dia a dia. Confira abaixo: 

  • Excel: essa ferramenta possibilita criar tabelas e planilhas automatizadas. É essencial saber usar o Excel se você quer trabalhar com gestão de qualidade, pesquisa operacional e planejamento, programação e controle de produção. 
  • Lingo: esse é um software de modelagem que resolve problemas lineares e não lineares. É usado para potencializar a análise de soluções e técnicas de otimização.   
  • Minitab: focado na análise de estatística complexa. Ele tem uma interface simples e possui diversos recursos para controle de qualidade e análise de confiabilidade. 
  • Arena: esse é um ambiente para modelagem de processos, animação e análise estatística e de resultados. Pode ser usado como simulador para manufatura.   
  • SolidWorks: é um programa utilizado para projetar produtos, no qual você simula resistência, durabilidade e outras características.   

Qual é o salário da engenharia de produção? 

O engenheiro de produção é um profissional que pode atuar nas mais diversas áreas e que tem impacto direto no resultado financeiro da organização. 

Por isso, o salário da engenharia de produção é um dos maiores do mercado. 

A categoria tem um piso salarial de 8,5 salários mínimos para 8 horas de trabalho diárias. Isso, em 2021, equivale a cerca de R$10.000,00.  

Porém, a média salarial da profissão no país é de R$ 7.516,00. 

Como funciona o registro no CREA? 

Para atuar como engenheiro de produção, o profissional precisa ser registrado no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) do estado onde atua. 

Para fazer o seu registro, você precisa comparecer na sede do CREA do seu estado com seu diploma ou declaração de conclusão do curso, histórico escolar com notas e cargas horárias.

O perfil do estudante de Engenharia de Produção  

Quem gosta de gestão de pessoas, administração, economia e disciplinas como matemática, física e química tem uma grande facilidade com a engenharia de produção. 

Se você quiser cursar essa graduação, precisa ser versátil e criativo, além de ter mente aberta, saber liderar e ser proativo para encontrar soluções. 

Um ponto interessante do perfil do estudante de engenharia de produção é saber inglês e, talvez, uma terceira língua. Isso porque existe um grande mercado para a área nas multinacionais.

áreas da engenharia de produção - o que se estuda na graduação

Como é o curso de engenharia de produção EAD? 

No Brasil, o curso de engenharia de produção é ofertado nas modalidades presencial, híbrido e EAD. 

Porém, nós vamos focar na modalidade EAD nesse momento do conteúdo porque queremos convidar você a conhecer a graduação em engenharia de produção da Univille. 

Aqui na Univille, o Curso de Engenharia de Produção prepara os estudantes para um mercado de trabalho cheio de oportunidades e desafios tecnológicos. 

Nos primeiros ciclos da faculdade, o estudante tem contato com disciplinas em comum com as outras engenharias.

E depois de ter a base em comum, começa a estudar disciplinas mais específicas, como: 

  • Pesquisa Operacional;  
  • Planejamento e Controle da Produção;  
  • Logística;  
  • Gestão de Projetos;  
  • Planejamento Estratégico;  
  • Gestão da Qualidade;  
  • Engenharia da Sustentabilidade 

Duração do curso de Engenharia de Produção   

O curso de engenharia de produção da Univille dura 5 anos, o equivalente a 20 ciclos. 

Modalidade: EAD e híbrido 

O curso de engenharia de produção é oferecido na modalidade EAD/Híbrido. 

Na modalidade EAD, você estuda 100% online acessando conteúdos, fóruns e atividades no ambiente virtual de aprendizagem. Já na modalidade híbrida, você estuda em casa através do ambiente virtual, mas vai até o campus para realizar as atividades. 

O que estuda quem faz engenharia de produção? 

Como dissemos, a grade curricular da engenharia de produção contém tanto disciplinas em comum com outras engenharias quanto disciplinas específicas. 

Confira abaixo a grade curricular do curso de engenharia de produção online da Univille: 

1º ano 

CICLO 1 
Metodologia da Pesquisa Científica e Tecnológica 
Práticas de Engenharia 
Geometria Analítica 

CICLO 2 
Ergonomia e Segurança do Trabalho 
Álgebra Linear 
Cálculo Diferencial 

CICLO 3 
Estatística I 
Física: Mecânica 
Introdução a Materiais 

CICLO 4 
Sociedade e Meio Ambiente 
Química Experimental I 
Química Geral 

2º ano 

CICLO 5  
Estatística II 
Cálculo Integral 
Desenho Técnico 

CICLO 6  
Ética, Profissão e Cidadania 
Física: Gravitação, Ondas e Termodinâmica 
Cálculo Numérico 

CICLO 7 
OPTATIVA 
Física: Eletromagnetismo 
Eletricidade Aplicada 

CICLO 8 
Gestão de Projetos 
Equações Diferenciais 
Fenômenos de Transporte: Transferência de Calor 

3º ano 

CICLO 9 
Gestão da Qualidade 
Engenharia Econômica 
Programação de Computadores para Engenharia 

CICLO 10 
Gestão da Inovação Tecnológica 
Física: Óptica e Física Moderna 
Números Complexos 

CICLO 11 
Engenharia e Controle Metrológico do Produto 
Processos de Fabricação Mecânica I 
Gestão da Qualidade II 

CICLO 12 
Fundamentos de Gestão I 
Termodinâmica 
Gestão Ambiental 

4º ano 

CICLO 13 
Fundamentos de Gestão II 
Processos de Fabricação Mecânica II 
Contabilidade 

CICLO 14 
Controle Estatístico da Qualidade I 
Gestão de Projetos Aplicado a Engenharia de Produção 
Pesquisa Operacional 

CICLO 15 
Mecânica Geral 
Mecânica Geral Aplicada 
Mecânica dos Fluidos 

CICLO 16 
Sistemas de Informação I 
Custos 
Economia Industrial 

5º ano 

CICLO 17 
Sistemas de Informação II 
Gestão Industrial e Métodos 
Logística 

CICLO 18 
Produção e Comunicação Científica 
Planejamento Industrial, Programação e Controle da Produção 
Métodos Quantitativos e Análise de Decisão 

CICLO 19 
Controle Estatístico da Qualidade II 
Automação Industrial 
Manutenção Industrial 

CICLO 20 
IoT – Internet das Coisas 
Projetos de Engenharia Produção 
Trabalho de Conclusão de Curso 

Bolsas de estudo  

Se você se interessou pela graduação em engenharia de produção, não pode perder a oportunidade de conhecer as nossas bolsas de estudo. 

A Univille tem benefícios para você estudar a distância com qualidade e preço justo. Confira as oportunidades neste link.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Conclusão 

Chegando ao final deste artigo, esperamos que você tenha conseguido entender quais são as áreas da engenharia de produção para atuar enquanto profissional, o que faz o engenheiro de produção e por que fazer esse curso na Univille é uma boa escolha! 

Leia também: